GRÁVIDA PODE COMER CHOCOLATE?


gestante comendo chocolate

Para a maioria das gestantes, o consumo moderado de chocolate na gestação não traz riscos, desde que realmente não haja nenhuma contraindicação médica. Existem estudos de que o chocolate pode ajudar a prevenir algumas complicações da gravidez como a pré-eclâmpsia (aumento da pressão arterial e dos níveis de proteína na urina a partir da 20ª semana de gestação).


Apenas não exagere na quantidade de chocolate por dois motivos:


O primeiro é porque comer muito chocolate vai tirar seu apetite para os alimentos saudáveis de uma dieta equilibrada, além de contribuir para aumento de peso, por ser um alimento bem calórico.


A segunda razão é porque o chocolate contém cafeína, cuja ingestão deve ser controlada durante a gravidez, não ultrapassando cerca de 200 miligramas por dia. Isso equivale, dependendo do café, cerca de 1 a 2 xícaras (240 a 580 ml) de café ou 2 a 4 xícaras (540 a 960 ml) de chá com cafeína.


Algumas variedades de chocolate meio-amargo podem conter mais cafeína do que o chocolate ao leite tradicional, apesar dos seus conhecidos benefícios.


As gestantes devem evitar totalmente chocolate, se:

  • Tem dificuldade para controlar os níveis de açúcar no sangue;

  • Foi diagnosticada com diabetes gestacional;

  • Está ganhando peso demais.


Se você ama chocolate e não consegue viver sem, converse com o seu médico ou um nutricionista sobre alternativas que não façam mal a você e ao bebê em desenvolvimento.


DICA: O melhor tipo de chocolate é aquele em que o ingrediente CACAU é o primeiro da lista no rótulo, é o item em maior quantidade na receita. Temos como exemplo os chocolates a partir de 70% cacau, que são os mais adequados.Cuidado com os chocolates brancos e ao leite, que geralmente contêm muita gordura e açúcar, e podem prejudicar a saúde se consumidos com exagero.




4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo